Medicina Botânica com métodos inovadores, porém naturais. Combate processos infecciosos, dermatite, foliculite, micose, calvície.
Saiba mais


Nossos produtos de combate a calvície e queda de cabelos são produtos 100% naturais de eficácia comprovada.

Saiba Mais


Nossos produtos estão no mercado revolucionando os conceitos de problemas capilares
Solicite uma avaliação grátis

 

NOVO SITE
Mais moderno, com muito mais conteúdo e super Atualizado!
WWW.TRATAMENTOCALVICIE.COM.BR

 

LITERATURA DETALHADA
 
 

Enfim uma linha de produtos 100% natural de
--combate a calvicie com eficácia comprovada
 
 
apostila cientifica sobre calvicie e outros temas

Folículo piloso
As células do corpo piloso de Malpigui se invaginam profundamente na derme, até a hipoderme, formando uma cavidade onde será alojado o pêlo: é o folículo piloso. Compreende:
• uma parte superficial, onde o pêlo é não aderente;
• uma parte profunda ligada ao pêlo.

1. Parte superficial

Distinguem-se aí:
• o orifício externo ou ostium folicular;
• a parte superior do canal pilar, ou infundíbilo, situada acima do encontro com a glândula sebácea, que é composta por uma parte intra-epidérmica, o acro-infundíbilo e por uma parte intradérmica, o infra-infundíbilo.

2. Parte profunda

Distinguem-se, de fora para dentro:
A bainha conjuntiva, que envolve dois terços do folículo piloso.
A bainha epitelial dupla, que compreende:
• a bainha epitelial externa, que é o prolongamento da epiderme. Afina-se progressivamente e se interrompe no nível do bulbo; suas células não se queratinizam. Entra em contato com a derme, através de uma membrana basal espessa que persiste no nível do bulbo.
• a bainha epitelial interna, que está situada entre o pêlo e a bainha epitelial externa, começa a nascer a partir das células matrizes do bulbo e termina no encontro com a glândula sebácea.
É constituída por três camadas, que vão do exterior até o interior:
- a bainha de Henlé;
- a bainha de Huxley;
- a cutícula, cujas células estão amarradas às cutículas da base do pêlo.
A bainha epitelial interna descama no nível do canal sebáceo, suas células se queratinizam e se misturam, então, com o sebo.

O bulbo piloso, que é a dilatação terminal do folículo piloso, na forma de pêra. Contém:
• A matriz do pêlo, formada por células matrizes epidérmicas jovens; é uma zona de divisão celular intensa. A parte externa da matriz produz a bainha epitelial interna. No meio das células matrizes se encontram os melanócitos, que lhes transferem melanina.
• A papila pilar, de forma ovóide, é constituída por tecido conjuntivo, alojada na cavidade do bulbo com os capilares arteriais, venosos e as terminações nervosas. Ela nutre o pêlo.

O músculo horripilante ou eretor do pêlo é um feixe de fibras musculares lisas se inserindo sobre o folículo piloso, sobre a glândula sebácea e alongado obliquamente até a derme papilar.

Vascularização e inervação
A vascularização é assegurada pelos vasos da papila dérmica. A inervação se faz pelas terminações nervosas livres misturadas aos vasos da papila dérmica e por terminações nervosas táteis.

 

Apostila Calvície:  
 

PAGINA INICIAL  | MÉTODO RULIBRA  |  PRODUTOS CALVÍCIE  |  COMO UTILIZARRESULTADOS  |  LITERATURA DETALHADAMITOS  |
  |  EVITANDO A CALVÍCIE  |  AVALIAÇÃO GRÁTIS
 
|

Copyright © 2008. Calvície Careca Calvo Nem Pensar - Produtos Rulibra